Transtorno do Pânico - Teoria e Clínica

Baseado em 13 avaliações
  • 669 Alunos matriculados
  • 01 Hora de duração
  • 1 Aulas
  • 1 Módulos
  • 1 Avaliação
  • Certificado de conclusão
ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos

"Vale a pena. Aula com um conteúdo muito profundo e ao mesmo tempo muito objetivo. Nota 10"
JULIO CESAR JORGE
mais avaliações

Aula em vídeo de 1h15 minutos. Acompanha roteiro de aula.

Assista em seu computador, Tablet ou Smartphone, onde e quando quiser. A partir do momento da compra você tem 1 ano para assistir esta aula (caso compre assinatura o prazo é o da sua assinatura).

Transtorno do Pânico e Transtorno


Bibliografia: Cassorla, R. Abordagem psicodinâmica do paciente ansioso: transtorno de pânico e transtorno de ansiedade generalizada. Capítulo 29In: Psicoterapia de Orientação analítica: Artmed.


  • O que é o Transtorno do Pânico e quais seus sintomas?
  • Qual a relação do TP com a ansiedade?
  • O que é a ansiedade e qual seu papel?
  • Como Freud via a ansiedade e suas manifestações.
  • Qual a relação da Neurose de Angústia de Freud e o TP?
  • Por que Freud não acreditava que esse tipo de transtorno pudesse ser tratado pela psicanálise?
  • Quais as contribuições de Melanie Klein para o assunto?
  • Qual a diferença entre as angústias "freudianas" e a angústia de aniquilamento postulada por Klein?
  • Por que a psicanálise atual pode ajudar esse tipo de paciente?
  • Qual a diferença entre um transtorno relacionado a questões inconscientes e um relacionado a aspectos primitivos que estão aquém da aquisição do pensamento (ou seja, pertencem ao inconsciente não representado)?
  • Qual a contribuição de Bion para o assunto e para o tratamento de pacientes com pânico?
  • Sobre a função alfa.
  • É indicado que pacientes com TP usem medicação?
  • Como trabalhar no modelo de déficit psíquico e quais os cuidados que o analista deve ter?
  • Características das Entrevistas iniciais com pacientes com pânico.
  • Como chegam esses pacientes para as consultas iniciais?
  • Aceitam a terapia principalmente por desespero, mas essa aceitação não é totalmente genuína.
  • Qual a relação entre fantasias hipocondríacas ou doenças psicossomáticas e o TP.
  • Características do vínculo analítico.
  • A transferência idealizada e a dificuldade de separação.
  • A necessidade de ser visto positivamente pelo analista.
  • A importância fundamental de o analista sobreviver aos ataques que a ele faz o paciente.
  • A necessidade de contato intenso e capacidade do analista de atender essa necessidade, principalmente de início.
  • Chegando na ansiedade de separação.
  • Características usuais da mãe de pacientes com TP e a culpa que esses têm em frustrá-la e provocar a separação.

Psicólogos

Guilherme Magnoler Guedes de Azevedo
"Contato para Supervisão por Skype 14.99772.3707 (Whatsapp). "

   

Guilherme Magnoler Guedes de Azevedo CRP 06/70116 Psicólogo. Psicanalista Membro Filiado da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo SBPSP. Mestre em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP Bauru. Fundador e docente do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Bauru. Fundador da Livraria do Psicanalista. Curador do Projeto de Ensino a Distância da Livraria do Psicanalista. Autor do Livro “Vínculo mãe-bebê e conflitos edípicos em crianças com Psoríase – um estudo de Psicossomática Psicanalítica, publicado pela Editora Zagodoni. Coordenador do Curso de Formação em Psicoterapia Psicanalítica do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Bauru.


Confira algumas dúvidas mais comuns sobre a emissão e validade do certificado: 

- Meu certificado emitido através deste site tem validação do MEC? 

Os cursos autorizados pelo MEC são de Graduação e Pós-Graduação e as Secretárias Estaduais de Edução autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos online são classificados, por lei, como cursos livres de atualização ou qualificação, ou seja, não se qualifica como graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizante. 

Os Cursos Livres, passaram a integrar a Educação Profissional, como Nível Básico após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Essa é uma modalidade de educação não-formal com duração variável, a fim de proporcionar conhecimentos que permitam atualizar-se para o trabalho, sem exigências de escolaridade anterior. 

Educação é um direito de todos e é um incentivo a sociedade, previsto por lei na Constituição Federal. É com essa base que trabalhamos, incentivando a educação. Os cursos livres e os certificados tem validade para fins curriculares e certificações de atualização ou aperfeiçoamento, não sendo válido como técnico, graduação ou pós-graduação. 

- Meu certificado é aceito pelo CREA, CRC e CRM? 

Conforme citado acima, nossos cursos são de nível básico e livre, ou seja, servem para atualização e qualificação. Todos esses órgãos são de nível superior.

(Fontes: Secretaria de Educação de São Paulo e ABED)

Conteúdo Programático

  • 1. Transtorno do Pânico
  • Pânico
Voltar ao topo