Limites e Afeto na educação infantil

Baseado em 6 avaliações
  • 657 Alunos matriculados
  • 02 Horas de duração
  • 8 Aulas
  • 1 Módulos
  • 1 Avaliação
  • Certificado de conclusão
ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos

"Ótimo módulo. bem resumido e direto. Muito bom."
Clenilson
mais avaliações

Aula em vídeo de 2h45 minutos. Acompanha roteiro de aula para ser baixado em formado Word.

Assista em seu computador, Tablet ou Smartphone, onde e quando quiser. A partir do momento da compra você tem 1 ano para assistir esta aula.

Limites e Afeto na Educação Infantil

  • O que é a psicologia do desenvolvimento e o que ela nos ensina sobre a educação infantil.

  • O que é e para que serve a educação infantil?

  • Por que consideramos os limites e o afeto como os dois pilares básicos da educação infantil?

  • O que é exatamente o Afeto? 

    Como se dá afeto e o quais as consequências de uma educação sem afeto?

    O que são os limites e por que são tão importantes?

  • O que é dar limites?

  • Qual a atitude básica e essencial que os pais precisam ter para conseguir dar limites?

  • Exemplos de demonstração de afeto.

  • Dar afeto não é.....

  • Dar limites não é....

  • O que acontece quando não se dá limite?

I. A super-proteção – excesso de afeto e falta de limites.

II. O abandono – ausência total de afeto e de limites.

III. O autoritarismo – excesso de limites e falta de afeto.

IV. Educação confusa e exagerada – oscilação constante e exagerada entre limites e afeto.

V) A educação equilibrada – oscilação balanceada  entre limites e afeto.

Análise de Frases ou situações que sugerem desequilíbrio na educação:

  • Prefiro pecar pelo excesso do que pela falta.

  • Quero dar ao meu filho aquilo que não tive.

  • Foi assim que eu fui criado.

  • É o meu jeito, é assim que eu sei ser, eu sou assim fazer o quê !

  • Essas coisas quem resolver é o meu marido/esposa. 

  • Eu conto tudo pro meu filho.

  • Ele já nasceu assim.

  • No meu tempo não existia videogame e éramos felizes.

  • Nós damos de tudo pro nosso filho.

  • Meu filho parece um adulto.

  • Eu vou deixar ele sem comida ?

  • Meu filho não dorme sozinho.

  • Meu filho parece com um adulto.

  • Meu filho não dá trabalho nenhum.

Análise de Sentimentos ou atitudes que também indicam desequilíbrio

  • Mensagens contraditórias do pai e da mãe.

  • Bater nos filhos.

  • Falar mal do cônjuge.

  • Castigos e promessas não realizados.

  • Sentimento de culpa por trabalhar muito, ou por trabalhar fora.

  • Exigência de que as regras sejam cumpridas sem nenhuma exceção.

Exemplos de Comportamentos dos filhos que sugerem desequilíbrio na educação.

Bibliografia
LIMITES SEM TRAUMA - CONSTRUINDO CIDADÃOS. Autor: Tania Zagury. Editora: Record. Ano: 2013.

Pais, psicólogos, pedagogos, professores, educadores e todas as pessoas que de alguma forma estão ligadas à educação infantil.

Guilherme Magnoler Guedes de Azevedo
"Contato para Supervisão e Atendimento OnLine: 14-9.9772.3707"

   

Guilherme Magnoler Guedes de Azevedo CRP 06/70116 Psicólogo. Psicanalista Membro Filiado da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo SBPSP. Mestre em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP Bauru. Fundador e docente do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Bauru. Fundador da Livraria do Psicanalista. Curador do Projeto de Ensino a Distância da Livraria do Psicanalista. Autor do Livro “Vínculo mãe-bebê e conflitos edípicos em crianças com Psoríase – um estudo de Psicossomática Psicanalítica, publicado pela Editora Zagodoni. Coordenador do Curso de Formação em Psicoterapia Psicanalítica do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Bauru.


Confira algumas dúvidas mais comuns sobre a emissão e validade do certificado: 

- Meu certificado emitido através deste site tem validação do MEC? 

Os cursos autorizados pelo MEC são de Graduação e Pós-Graduação e as Secretárias Estaduais de Edução autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos online são classificados, por lei, como cursos livres de atualização ou qualificação, ou seja, não se qualifica como graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizante. 

Os Cursos Livres, passaram a integrar a Educação Profissional, como Nível Básico após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Essa é uma modalidade de educação não-formal com duração variável, a fim de proporcionar conhecimentos que permitam atualizar-se para o trabalho, sem exigências de escolaridade anterior. 

Educação é um direito de todos e é um incentivo a sociedade, previsto por lei na Constituição Federal. É com essa base que trabalhamos, incentivando a educação. Os cursos livres e os certificados tem validade para fins curriculares e certificações de atualização ou aperfeiçoamento, não sendo válido como técnico, graduação ou pós-graduação. 

- Meu certificado é aceito pelo CREA, CRC e CRM? 

Conforme citado acima, nossos cursos são de nível básico e livre, ou seja, servem para atualização e qualificação. Todos esses órgãos são de nível superior.

(Fontes: Secretaria de Educação de São Paulo e ABED)

Conteúdo Programático

  • 1. Limites e Afeto: os dois pilares básicos da educação infantil
  • 2. O que é e o que não é dar Afeto
  • 3. O que acontece quando com a criança que não recebe afeto?
  • 4. Por que os limites são importantes? O que é e o que não é dar limites?
  • 5. Quais as consequências de uma educação sem limites?
  • 6. As quatro situações a serem evitadas: superproteção, abandono, autoritarismo, oscilações entre extremos.
  • 7. Frases e situações que indicam desequilíbrio na educação.
  • 8. Crédito
  • limites e afeto
Voltar ao topo