Psicanálise, Cultura e Sociedade: uma Introdução a partir de Freud

Psicanálise, Cultura e Sociedade: uma Introdução a partir de Freud

Baseado em 3 avaliações
  • 923 Alunos matriculados
  • 005 Horas de duração
  • 6 Aulas
  • 6 Módulos
ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos

"Excelente curso! Já fiquei na expectativa de assistir os próximos módulos.!"
Ivelise
mais avaliações

Trata-se de um curso de difusão cultural com caráter introdução a uma temática específica do campo psicanalítico, portanto de um nível intermediário de formação. As disciplinas de psicanálise que normalmente são oferecidas nos cursos de graduação ou mesmo em nível de especialização costumam se voltar aos aspectos teórico-metodológicos envolvidos na fundamentação da prática clínica, raramente se detendo em uma apresentação mais detida das reflexões e aplicações da psicanálise na compreensão dos fenômenos sociais e culturais. A proposta deste curso é fazer uma caracterização da chamada psicanálise aplicada e uma problematização inicial da relação entre psicanálise e cultura, a partir do percurso freudiano em seus textos clássicos sobre o assunto.

Estrutura e Carga horária:

6 módulos de 4h, totalizando aproximadamente 24h


Conteúdo Programático:


Módulo I: Caracterização Inicial das Relações entre Psicanálise e Cultura

  1. A especificidade saber psicanalítico e a concepção de psicanálise aplicada
  2. A questão da sublimação: uma aproximação inicial
  3. Panorama dos textos sociais na obra de Freud 
  4. Destinos da psicanálise aplicada depois de Freud


Módulo II: Aplicação a Obras de Arte e Literatura

  1. Arte: um campo privilegiado para o fantasiar e panorama das possibilidades de aplicação
  2. O caso da Vinci: paradigma da psicobiografia do autor
  3. O caso Michelangelo: paradigma da implicação na fruição estética
  4. O caso do duplo e a experiência da estranheza nos limites da representação


Módulo III: a Universalidade do Complexo de Édipo e o Mito das Origens

  1. O mito psicanalítico das origens e os destinos do tabu do incesto e parricídio
  2. Fantasia originárias e filogenia: uma visão freudiana
  3. Universalidade versus singularidade: um debate entre psicanálise e antropologia
  4. A estrutura mito-poiética do fantasiar e o lugar da narrativa na subjetivação


Módulo IV: Fenômenos de Massa e Dinâmica de Grupos

  1. A teoria das identificações e a relação entre identidade e alteridade na constituição subjetiva
  2. Psicologia das Massas e Análise do Eu: o social no cerne da estrutura psíquica
  3. O lugar dos ideais na regulação subjetiva e o papel da cultura
  4. Destinos da concepção psicanalítica sobre dinâmica de grupos


Módulo V: Interpretações da Religião

  1. Psicanálise e Religião: caracterização inicial e panorama
  2. Sintomas Social: paralelo com a neurose obsessiva
  3. Evolucionismo Cultural: do animismo ao monoteísmo
  4. Ideal Moral: a sustentação da ilusão e o mito fundador


Módulo VI: Síntese Final da Relação entre Desejo e Cultura

  1. Os discursos freudianos acerca da cultura: harmonia e desamparo
  2. Destinos do conflito indivíduo e sociedade: saídas psicopatológicas e sublimatórias na regulação pelos ideais (moralidade, religião, ciência e arte)
  3. O mal-estar inerente ao processo civilizatório e o incontornável da pulsão de morte
  4. Discurso psicanalítico e os dilemas da subjetividade moderna


Bibliografia Básica Geral:


BIRMAN, J. Mal-estar na modernidade e a psicanálise: a psicanálise à prova do social. In: BIRMAN, J. Mal-estar na atualidade: a psicanálise e as novas formas de subjetivação.  4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003, p. 121-146.

CAMPOS, E. B. V. A posição singular da psicanálise no campo dos saberes e práticas psicológicas. In: FERREIRA, Arthur Arruda Leal. (Org.). A pluralidade do campo psicológico: principais abordagens e objetos de estudo. 1 ed. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 2010, p. 143-179.

FRAYZE-PEREIRA, J. A. A flutuação do olhar: artes plásticas e psicanálise implicada. In: FRAYZE-PEREIRA, J. A. Arte, dor: inquietudes entre estética e psicanálise. 2. ed. Rev. e amp. São Paulo: Ateliê Editorial, p. 69-92.

FREUD, S. (1906). Delírios e sonhos na Gradiva de Jensen. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. IX, Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 19-94. 

FREUD, S. (1907). Atos obsessivos e práticas religiosas. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. IX. Rio de Janeiro: Imago, p. 109-122. 

FREUD, S. (1907). Escritores criativos e devaneio. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. IX. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 135-148.

FREUD, S. (1908). Moral sexual ‘civilizada’ e doença nervosa moderna. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. IX. Rio de janeiro: Imago, 1996, p. 169-190.

FREUD, S. (1910). Leonardo da Vinci e uma lembrança da sua infância. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. XI. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 59-126.

FREUD, S. (1913). Totem e tabu. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. XIII. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 17-198.

FREUD, S. (1914). O Moisés de Michelangelo.  In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. XIII. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 249-280.

FREUD, S. (1919). O ‘estranho’. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. v. XVII. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 275-314.

FREUD, S. (1921). Psicologia de grupo e a análise do ego. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. XVIII. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 91-184.

FREUD, S. (1927). O futuro de uma ilusão. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. XX. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 154-209.

FREUD, S. (1929). O mal-estar na civilização. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. XXI. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 81-178.

FREUD, S. (1939). Moisés e o monoteísmo – três ensaios. In: FREUD, S. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, v. 23. Rio de Janeiro: Imago, 1996, p. 19-161. 

MEZAN, R. Psicanálise e cultura, psicanálise na cultura. In: MEZAN, R. Interfaces da psicanálise. São Paulo: Companhia das Letras, p. 317-392.


 


Psicólogos, Médicos e profissionais de saúde ou estudantes dos últimos anos de cursos de graduação nessas áreas que tenham tido contato e estudos iniciais em psicanálise e em teoria freudiana.

Erico Bruno Viana Campos
"Psicólogo pela Universidade de São Paulo (2002), Mestre (2004) e doutor (2009) em Psicologia pela Universidade de São Paulo."


Psicólogo pela Universidade de São Paulo (2002), Mestre (2004) e doutor (2009) em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Professor universitário e psicoterapeuta de orientação psicanalítica. Atualmente é professor assistente doutor do departamento de Psicologia da Faculdade de Ciências da UNESP Bauru, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, em nível de graduação e pós-graduação, sendo líder do grupo de pesquisa do CNPq "Psicanálise: Clínica, Teoria e Cultura", coordenador do Núcleo de Estudos, Extensão e Pesquisas em Psicanálise (NEEPPSICA) e orientador no programa de pós-graduação em Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem. Tem experiência na área de Psicologia e Psicanálise, com ênfase em História, Teorias e Sistemas em Psicologia e Teorias Psicanalíticas, atuando principalmente nos seguintes temas: psicanálise (metapsicologia, teoria do desenvolvimento, psicopatologia e teoria da técnica), fenomenologia e existencialismo, fundamentos epistemológicos e históricos da psicologia, metodologia de pesquisa, psicologia do desenvolvimento e saúde mental.


Conteúdo Programático

  • 1. Caracterização Inicial das Relações entre Psicanálise e Cultura - Parte 1
  • 2. Caracterização Inicial das Relações entre Psicanálise e Cultura - Parte 2
  • 1. Aplicação da Psicanálise a Obras de Arte e Literatura - Parte 1
  • 2. Aplicação da Psicanálise a Obras de Arte e Literatura - Parte 2
  • 1. A Universalidade do Complexo de Édipo e o Mito das Origens - Parte 1
  • 2. A Universalidade do Complexo de Édipo e o Mito das Origens - Parte 2
Voltar ao topo