Estudos Sobre a Histeria Parte V - A teoria de Breuer

Estudos Sobre a Histeria Parte V - A teoria de Breuer

Baseado em 5 avaliações
  • 926 Alunos matriculados
  • 02 Horas de duração
  • 6 Aulas
  • 6 Módulos
  • Certificado de conclusão
ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos

"Muito bom"
Pedro
mais avaliações

Aula em Vídeo de 2 horas. Acompanha roteiro. 

Assista em seu computador, smartphone ou tablet, onde e quando quiser.

CONSIDERAÇÕES TEÓRICAS (BREUER).

1) Serão ideogênicos todos os fenômenos histéricos?

  • O mecanismo psíquico dos fenômenos histéricos.
  • A visão de Breuer sobre se todos os fenômenos histéricos são provocados por ideias.

(2) As excitações tônicas intracerebrais – Os afetos

  • O sono, vigília, os sonhos e suas relações com as representações.
  • As vias de condução da energia cerebral.
  • O aumento e diminuição da excitação intracerebral.
  • O sistema nervoso e sua relação com um sistema elétrico.
  • As “facilitação da atenção”.
  • O princípio de Constância.
  • As diferentes vias de descarga afetiva.
  • A excitação e a incitação.
  • As causas fisiológicas das excitações.
  • A pulsão sexual.
  • A faceta psíquica dos afetos.
  • A distribuição não uniforme dos afetos.
  • Os afetos "ativos".
  • Os afetos que inibem a associação.
  • A expressão anormal dos afetos.

(3) CONVERSÃO HISTÉRICA

  • As resistências contra a passagem da excitação cerebral para os órgãos da percepção e para os órgãos vegetativos. 
  • O afeto não descarregado.
  • Afeto e representação.
  • O desgaste da intensidade da representação (vias de descarga).
  • A repressão. Como Breuer a via?
  • A Conversão do afeto.
  • O conflito patogênico e os estados hipnoides.
  • A histeria de retenção. 

(4) Estados Hipnoides

  • A condição sine qua non da histeria.
  • A histeria de defesa.
  • Os estados hipnoides.
  • Estados hipnoides transitórios e crônicos. 
  • A divisão da mente.
  • As ausências da mente.
  • “Os histéricos sofrem principalmente de reminiscências”.

(5) Representações inconscientes e Representações inadmissíveis à consciência – Divisão da mente

  • A diferença entre Representações conscientes, inconscientes e inadmissíveis à consciência.
  • A representação inconsciente e intensa.
  • As representações patológicas.
  • A divisão da mente e a histeria.
  • Os motivos da divisão da mente.
  • A crítica a Janet.
  • A divergência com as ideias de Freud.

(6) PRÉ-DISPOSIÇÃO INATA-DESENVOLVIMENTO DA HISTERIA

  • A relação entre pré-disposição inata e adquirida no desenvolvimento da histeria.

Bibliografia

Estudos sobre a histeria, Freud e Breuer 1895


Nenhuma descrição cadastrada.
Guilherme Magnoler Guedes de Azevedo
"Contato para Supervisão: 14-9.9772.3707"

   

Guilherme Magnoler Guedes de Azevedo CRP 06/70116 Psicólogo. Psicanalista Membro Filiado da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo SBPSP. Mestre em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela UNESP Bauru. Fundador e docente do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Bauru. Fundador da Livraria do Psicanalista. Curador do Projeto de Ensino a Distância da Livraria do Psicanalista. Autor do Livro “Vínculo mãe-bebê e conflitos edípicos em crianças com Psoríase – um estudo de Psicossomática Psicanalítica, publicado pela Editora Zagodoni. Coordenador do Curso de Formação em Psicoterapia Psicanalítica do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Bauru.


Nenhuma descrição cadastrada.

Conteúdo Programático

  • 1. Serão todos os sintomas ideogênicos?
  • 1. Conversão Histérica
  • 1. Estados Hipnóides
  • 1. Representações Inconscientes e Representações Inadmissíveis à Consciência
Voltar ao topo