Escutando a si mesmo.

Baseado em 6 avaliações
  • 627 Alunos matriculados
  • 01 Hora de duração
  • 4 Aulas
  • 1 Módulos
  • 1 Avaliação
  • Certificado de conclusão
ASSINE JÁ

Obtenha acesso a este e outros cursos

"conteudo muito bom! Professor pode ser um pouco mais objetivo"
Anne Hilling
mais avaliações

Aula em vídeo de 1h25 minutos. Acompanha roteiro de aula para ser baixado.

Assista em seu computador, Tablet ou Smartphone, onde e quando quiser. A partir do momento da compra você tem 1 ano para assistir esta aula.

Escutando a si mesmo: exemplos de fenômenos contratransferenciais na clínica

Bibliografia
Akhtar, Salman. Escuta psicanalítica – métodos, limites e inovações. Editora Blucher, 2016

  • Quando uma sessão se inicia, o analista escuta as associações do paciente, presta atenção ao seu silêncio e à linguagem não verbal.

  • Contudo, isso tudo não é suficiente. É muito importante que o analista possa escutar a si próprio na sala de análise.

  • Chamamos essa escuta de análise da contratransferência.

  • Na presente aula veremos vários exemplos clínicos de análise da contratransferência, divididos em quatro grupos.

1) Escutando as próprias associações

  • Aquilo que o analista pensa duranta a análise, mesmo as associações que estão aparentemente desconectadas da sessão, pode ser utilizado pelo analista para se entender a dinâmica do paciente.

2) Escutando as próprias emoções

  • Os afetos do analista na sessão pertencem a 3 categorias.

  • Emoções sentidas em relação ao paciente (amor, ódio, afeição, ternura, preocupação).

  • Emoções sentidas com o paciente (tristeza ou felicidade empática)

  • Emoções sentidas em nome do paciente (sentimentos decorrentes da identificação projetiva, daquilo que o paciente não pode suportar em si)

  • .

3) Escutando os próprios impulsos

  • I. Além das associações e afetos o analista pode se sentir impelido a fazer algo. Pode sentir pressão para agir de maneira amorosa ou hostil. Impulsos de acariciar ou abraçar o paciente. De ridicularizar e zombar do paciente. 

Escutando as próprias ações

  • Às vezes não conseguimos interpretar nossos impulsos para agir, e nossa compreensão só ocorre depois de termos colocado algo em ação. Podem ser ações banais ou grosseiras. Algumas podem se limitar a erguer a sobrancelha, inclinar-se na cadeira ao falar, aumentar o tom da voz.

Apresentação de 9 Vinhetas clínicas

Psicólogos.

Guilherme Magnoler Guedes de Azevedo
"Psicólogo CRP 06/70116.. Sócio e fundador da Livraria do Psicanalista e do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Bauru. "

   

Psicólogo CRP 06/70116. Sócio e fundador da Livraria do Psicanalista e do Instituto de Estudos Psicanalíticos de Bauru. Mestre em Psicologia do Desenvolvimento e Saúde UNESP - Bauru. Psicólogo Clínico.

Confira algumas dúvidas mais comuns sobre a emissão e validade do certificado: 

- Meu certificado emitido através deste site tem validação do MEC? 

Os cursos autorizados pelo MEC são de Graduação e Pós-Graduação e as Secretárias Estaduais de Edução autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos online são classificados, por lei, como cursos livres de atualização ou qualificação, ou seja, não se qualifica como graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizante. 

Os Cursos Livres, passaram a integrar a Educação Profissional, como Nível Básico após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Essa é uma modalidade de educação não-formal com duração variável, a fim de proporcionar conhecimentos que permitam atualizar-se para o trabalho, sem exigências de escolaridade anterior. 

Educação é um direito de todos e é um incentivo a sociedade, previsto por lei na Constituição Federal. É com essa base que trabalhamos, incentivando a educação. Os cursos livres e os certificados tem validade para fins curriculares e certificações de atualização ou aperfeiçoamento, não sendo válido como técnico, graduação ou pós-graduação. 

- Meu certificado é aceito pelo CREA, CRC e CRM? 

Conforme citado acima, nossos cursos são de nível básico e livre, ou seja, servem para atualização e qualificação. Todos esses órgãos são de nível superior.

(Fontes: Secretaria de Educação de São Paulo e ABED)

Conteúdo Programático

  • 1. Quando o analista escuta suas próprias associações
  • 2. Quando o analista escuta as próprias emoções.
  • 3. Quando o analista escuta os próprios impulsos.
  • 4. Quando o analista escuta as próprias ações
  • escutando a si mesmo
Voltar ao topo